Senta aqui, que hoje eu quero te falar

Não a recuse, rapaz!

Você sabe que tudo que ela faz, no fundo, é pensando em te agradar. É pensando que você a reconhecerá de alguma maneira por isso, pelo simples fato dela ter sido a  mulher de sua vida. Aquela, que mesmo com todos os defeitos, urgências e encrencas, sempre esteve ao teu lado, cochichando baixinho em seu ouvido uma palavra de amor.

Espera que eu não terminei! Segure todas essas palavras quando pensar em jogar na cara dela que ela sempre te interrogou demais e, por essa razão você está a deixando. Esqueça essa história. Você deveria saber que a maioria das mulheres gostam quando propomos segurança a elas. É disso que estou falando. De amor! Do mesmo amor que você nunca soube demonstrar.

Se você, hoje, escolher perde-la de vez, talvez descubra tarde demais que ela sempre foi uma grande parte de você.

Desfaça essas malas e volte para os braços dela, rapaz.

Anúncios

Uma resposta em “Senta aqui, que hoje eu quero te falar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s